Blog Details

sec title

Ou os políticos mudam, ou serão mudados

mar 16 Artigos 0 Comment

Pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira (CNI, março de 2018) revela o que qualquer um conseguiria saber se simplesmente prestasse atenção na população brasileira e buscasse viver uma vida real. Afinal, é natural e razoável a maior parte dos brasileiros estar pessimista com as próximas eleições visto que boa parte dos políticos está envolvido ou foi denunciado num esquema de corrupção.

A maioria dos brasileiros não acredita em promessas de campanha pelo simples fato de que a população brasileira está acostumada a não ver elas sendo realizadas. E a falta de simpatia por partidos é mais ou menos perceptível pelos pré-candidatos que tem sido levantados pela população.

A classe política precisa se reformular, ou será reformulada pelo voto. É insensato pensar que esta mudança será de imediato e que na próxima eleição já tenhamos uma renovação total em todas as esferas. Contudo, é sensato afirmar que o momento é de mudança e que novos rostos podem ter mais espaço do que em outros pleitos.

O mais preocupante, no entanto, deve ser que ainda estamos mais ou menos reféns do messianismo político. Afinal, a crença em candidatos e não em partidos, por mais que possa ter elementos positivos, também traz à tona que ainda não conseguimos ver que um projeto político não é construído por uma pessoa e, não importa o candidato, ele sempre irá depender dos grupos de apoio dele.

Assim, não estamos com os problemas do nosso país resolvidos, mas é sensato afirmar que existe razão para termos esperança. Os problemas são muitos, mas o povo, aquele que decidirá as eleições, está ciente de que eles existem. E este é o primeiro passo para atingir uma solução.

Add Comment