• Compromisso com a verdade

    Professor Wambert Di Lorenzo é um defensor da redução do poder do Estado na vida privada dos cidadãos. O poder público com suas leis e ingerência acaba complicando e atrapalhando a vida do cidadão comum. Por isso, o vereador carrega consigo a seguinte frase: “Vim para a política para descomplicar a vida da população. Vim também para deslegislar”.

    O compromisso com a verdade, defendido pelo Professor Wambert, é guiado pelos preceitos da aplicação do bem comum e da dignidade da pessoa humana. Dignidade é pseudônimo da felicidade. Implica plenitude e reconhecimento. Ela concerne ao valor e aos fins intrínsecos de cada pessoa tanto na relação dela consigo própria quanto da relação dela com seu meio.

    A pessoa humana também é ser espiritual e, por poder se relacionar com sua própria natureza, é livre. Essa liberdade da pessoa em relação aos seus meios e seus fins implica a necessidade de outros bens fundamentais que não são de natureza material. Ao conjunto de todos esses bens materiais e imateriais necessário à realização da felicidade da pessoa dá-se o nome de bem comum. Em síntese, bem comum é o conjunto de todas as condições para que a pessoa realize a sua dignidade.

    Wambert ressalta que o bem comum é o bem de todos e de cada um. Essa responsabilidade social de todos e de cara um por todos e por cada um é o que chamamos de solidariedade.

    A solidariedade deve nortear as relações sociais desde a economia à política já que a vida social não tem outra razão de ser senão o bem comum das pessoas.

    Wambert acredita que a solução da questão social passa necessariamente pelas relações entre a pessoa humana e o Estado a partir dos planos de mediação da ordem social.

    Navegue pelo site